Acredite no seu maternar! 4 coisas que você precisa saber!

A maternidade é uma delícia, mas também pode ser estressante porque exige muito de nós. Muitas de nós sentem-se pressionadas para “fazer certo” ou “ser uma boa mãe”. Alguma vez você já se perguntou, por exemplo, se era capaz de saber o que seu bebê queria o tempo todo? Ou, ainda, ficou pensando em como poderia manter um relacionamento mais próximo com seu parceiro, mesmo que estivessem passando por dificuldades com seu filho?

O modo que você percebe a sua capacidade para exercer, de maneira bem sucedida, seu papel de mãe (também vale para pais) e criar seus filhos, tanto em tarefas relacionadas a si mesma (cuidar de sua saúde física e mental), ao seu filho (dar banho, trocar fraldas, alimentar) e também aos seus relacionamentos (com parceiro, com filho) pode influenciar sua saúde, seu bem-estar e seus relacionamentos.

Neste artigo, compartilho quatro coisas que você precisa saber sobre a importância de acreditar na sua capacidade de maternar:

1. Você vai aprendendo pelo caminho e ganhando experiência. O resultado: aumenta a confiança em si mesma.

2. Perceber-se como mais eficaz enquanto mãe e na realização das tarefas tem impactos positivos para sua saúde e seu bem-estar.

3. Quanto mais a mãe se sente capaz de lidar de maneira bem-sucedida com as demandas da maternidade, as chances são menores de experimentar estresse e depressão.

4. A forma como você se percebe pode variar de acordo as situações, a idade do seu filho, as tarefas e os contextos: por isso algumas coisas vão parecer mais fáceis e outras mais difíceis (e está tudo bem!).

As mães ainda são muitas vezes responsabilizadas pela saúde e desenvolvimento de seu filho, acreditando que essas primeiras interações são muitas vezes determinantes para criança no futuro, então é bastante comum que o maternar seja visto e sentido como uma experiência exigente e difícil. Mas não precisa ser assim!

Com ajuda profissional, você pode aprender a encarar esta fase de outra maneira, desenvolvendo seus próprios recursos, reavaliando a forma com que se percebe e quais são as suas exigências/expectativas sobre si mesma e sobre a maternidade, além, claro, de encontrar estratégias para aproveitar melhor seu tempo. E meu trabalho aqui no Maternar mais leve é ajudá-la nesse processo! Estamos juntas nessa!

Com carinho,
Carol Braz

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

  • LYMP Design