05 práticas de autorresponsabilidade

Muitas vezes a maternidade exige tanto de nós, inclusive já falamos aqui sobre como o esgotamento materno pode afetar nossa saúde, vale a pena ler o post. Como a atenção e o cuidado com o outro tomam tanto o nosso tempo, que esquecemos ou preferimos não pensar sobre, de quem irá cuidar ou se preocupar por nós. 

Qual é o problema disso? 

Assumir que é responsável também por suas escolhas, permite que você selecione como reagir aos desafios, porque, sim, eles vão surgir. Além disso, quando olhamos para eles, vemos que se colocar em primeiro lugar não é algo negativo. Você passa a ocupar o lugar de piloto na jornada da sua vida.

Vale a pena assumir a responsabilidade por sua vida?

Pensando nisso trouxe cinco práticas que a ajudarão a assumir a autorresponsabilidade:

1.Assuma seus pensamentos, sentimentos, palavras e ações.

Você cria sua vida com o que pensa, sente, fala e age. O que acontece com você é reflexo do que coloca no mundo. O que isso significa é que ninguém pode fazer você pensar, sentir, dizer ou fazer qualquer coisa. O que é importante na vida não é o que acontece com você, mas como você reage ao que acontece.

2.Não culpe

Seu bebê por não dormir a noite toda, seu marido por não ajudar com o bebê ou mesmo suas amigas por não ligarem para saber de você. Entrar no modo acusação faz com que você entre na condição de vítima e acaba atrapalhando sua evolução. Você é a única responsável pelas escolhas em sua vida, não pode culpar os outros por elas. Analise sua situação e  decida o que VOCÊ pode fazer para mudar.

3.Não leve para o lado pessoal

O mundo não gira em torno de você (sinto muito se fui dura). Pare de achar que qualquer conflito  é um ataque pessoal. Nós não temos controle pelo o que os outros pensam e como reagem, só temos controle por nós mesmas. Procure as intenções por trás do comportamento das pessoas sem julgamentos.

4.Pratique a gratidão

A felicidade é uma decisão sua e só cabe a você. Seja grata por tudo que a vida lhe oferece. Não é obrigação do seu marido, pai, mãe ou filho fazer você feliz. Você tem o poder de escolher. Encontre motivos diários para que seja grata. Crie tempo para hobbies e atividades criativas que tragam alegria. Faça coisas que a deixem feliz.

5.Confie em si mesma e na sua capacidade 

Você é livre para escolher suas atitudes e realizar seus objetivos. Confie que está fazendo no momento, o seu melhor dentro do que é possível. Tenha calma para tomar as melhores decisões e para assumir a autorresponsabilidade.

A autorresponsabilidade e o  autocuidado não significa que você não pode buscar ajuda de outras pessoas.  Isso faz parte do processo de autorresponsabilidade: identificar onde e quando a ajuda externa é necessária. Você não fará essas coisas se não achar que seu próprio cuidado é uma prioridade, Seja autorresponsável, faça do autocuidado sua escolha e você será uma pessoa melhor, para você e para quem está a sua volta. 

Novidade!

Preparei uma checklist gratuita com seis dicas muito práticas para encontrar leveza no pós-parto. Se você ainda não a tem, clique AQUI para receber a sua gratuitamente.

Sobre este post

O texto original foi escrito pela Equipe do Maternar mais leve ®. Todos os direitos reservados. Se usar o conteúdo, cite a referência. Imagem: Banco de imagens do Canva.

 

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

    • Siga o Maternar mais Leve no Instagram

      Ajudo mães a descomplicarem a maternidade.
      Mais leveza e menos culpa.

      Ir para o Instagram

      This error message is only visible to WordPress admins

      Error: No feed found.

      Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.