Esgotamento materno : 04 maneiras que podem afetar a saúde e como lidar com elas

A verdade é que ser mãe é difícil. Tem dias que começam com bebê chorando com cólicas, filho pequeno pedindo atenção e marido que precisou ir trabalhar te deixando sozinha com todas as demandas. Muitas mães ainda vivem longe da família, o que pode significar pouca ou nenhuma rede de apoio. A vida pode ser complicada em alguns dias e é um dever pesado para qualquer uma carregar sozinha

Neste post estão cinco maneiras com que o esgotamento pode afetar sua saúde e o que fazer a respeito.

Eu sei que você é grata por sua família todos os dias. Mas isso não significa que seja fácil. A sensação de cansaço pesa sobre seus ombros? Há momentos em que você se sente tão perto do esgotamento? Ou teve a sensação de que as pessoas estão sempre avaliando o seu maternar? Quem nunca? Se tiver um dos sintomas abaixo, é hora de ligar o alerta.

  • Ansiedade e depressão

  • Privação de sono

  • Falta de memória

  • Dores de cabeça

Felizmente, existem maneiras de lutar contra eles e  evitar que atrapalhem a sua vida. Com mudanças de hábitos você pode encontrar maneiras não apenas de sobreviver, mas de ajudar a passar por esse momento.

1.Priorize o seu sono

Sabe quando dizem para aproveitar as sonecas do bebê para o descanso? É verdade. Quando nos tornamos mães, normalmente o sono é a primeira coisa a ir embora. Usamos muitas vezes esse momento para fazer as coisas da casa ou mesmo outras tarefas. Mas o sono é essencial para o nosso bem-estar.

2. Se alimente

Não só porque auxilia com a amamentação. Comer bem é importante porque seu corpo bem abastecido funcionará melhor e a manterá com mais energia durante o dia agitado.

3. Confie nas suas percepções e escolhas!

Os dias podem ser cheios de tomada de decisões. Desde saber quando deve ligar para o pediatra até se a amamentação está sendo feita de forma correta. É cansativo! Não se desespere com cada escolha que precisa fazer. Está tudo bem não ser perfeita..

4. Peça ajuda

Não é fácil fazer tudo sozinha. Você já é uma super mulher, então não se envergonhe e peça ajuda quando precisar. Pode ser contratando alguém para ajudar com as tarefas da casa ou contar com a ajuda de uma babá. Não é fácil  construir uma rede de apoio, nós sabemos. Abrir mão do controle e pedir ajuda é sua melhor escolha. Se precisar de ajuda neste post dei quatro sugestões para pedir ( e conseguir) ajuda. Vale a pena a leitura.

5. Celebre suas vitórias

Quando foi a última vez que você comprou algo para você? Não precisa ser nada super caro, mas celebre cada vitória. Que tal se presentear com algo, mesmo que seja um pedaço de chocolate preferido, uma ida à manicure. Você merece.

6. Procure ajuda profissional

Você não precisa esperar até ter um “problema real” para procurar a ajuda de um profissional, que poderá te ajudar a superar os estresses do dia a dia. Dedique algum tempo a sua saúde mental e emocional.

Novidade!

Preparei uma checklist gratuita com seis dicas muito práticas para encontrar leveza no pós-parto. Se você ainda não a tem, clique AQUI para receber a sua gratuitamente.

Sobre este post

O texto original foi escrito pela Equipe do Maternar mais leve ®. Todos os direitos reservados. Se usar o conteúdo, cite a referência. Imagem: Banco de imagens do Canva.

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

    • Siga o Maternar mais Leve no Instagram

      Ajudo mães a descomplicarem a maternidade.
      Mais leveza e menos culpa.

      Ir para o Instagram

      This error message is only visible to WordPress admins

      Error: No feed found.

      Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.