primeiro_ano_como_mãe_de_dois

4 aprendizados do primeiro ano como mãe de dois

O clichê é mesmo verdade: o primeiro ano passa voando. Daqui a uns dias nossa bebê completa seu primeiro aniversário e tenho refletido muito sobre estes meses iniciais como mãe de dois. Neste post, compartilho quatro lições que aprendi.

O Amor

Se você está entre um enjoo e outro, e, ao mesmo tempo, lidando com os desafios da criança maior, talvez, por alguns segundos, pense se conseguirá amar os dois. Embora nesse cenário meio caótico a dúvida ganhe contornos ainda maiores, posso garantir: há amor para todo mundo. Respire fundo. Há amor para todos. Com cada um de seus filhos, você estabelecerá uma relação única, porém igualmente especial.

O cansaço

Assim como o amor, o cansaço também se multiplica. Na segunda gestação, havia semanas em que eu nem me lembrava de que estava grávida. Depois, no cotidiano, ao me dividir entre as tarefas e as demandas específicas, o cansaço vinha. Então, contar com uma rede de apoio para tarefas elementares e também emocionais foi super importante para mim, minha saúde e bem-estar (e para eles também!).

As pequenas conquistas

Haverá dias em que o maior motivo para comemorar foi todos estarem de banho tomados e com as refeições em dia. E é uma vitória. Comemore todas. Haverá os dias em que novos marcos do desenvolvimento serão alcançados. Festeje. Haverá dias em que as crianças dormirão melhor, faça aquela dancinha da felicidade. A vida ganha sentido e nossos potinhos de afeto e energia também se preenchem. Além disso, ensinamos aos nossos pequenos sobre gratidão pelas coisas simples.

O dia-a-dia

Pode ser que depois de noites sem dormir direito, com o peito dolorido e com um filho tendo pesadelos, tudo o que você mais deseje é que passe rapidinho. É compreensível. E o cansaço é real. Embora pareça uma eternidade em muitos momentos, o primeiro ano passa rápido. E, com ele, também passam as risadas gostosas, os potes todos retirados do armário, os passinhos de “pisando na Lua”. Se desejar um conselho meu: registre tudo.

Saiba mais!

Interessou-se pelo tema? Então, inscreva-se gratuitamente na minha newsletter, a Newsleve, e receba semanalmente meus conteúdos sobre esse universo apaixonante da Perinatalidade e Parentalidade. Inscreva-se aqui: NEWSLEVE

Sobre este post

O texto original foi escrito por Ana Carolina Braz (Maternar mais leve ®). Todos os direitos reservados. Se usar o conteúdo, cite a referência usando as sugestões deste post aqui. Imagem: Banco de imagens do Canva.

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

    • Siga o Maternar mais Leve no Instagram

      Ajudo mães a descomplicarem a maternidade.
      Mais leveza e menos culpa.

      Ir para o Instagram

      This error message is only visible to WordPress admins

      Error: No feed found.

      Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.