Post_culpa_materna_mãe_de_primeira_viagem

Ah, a culpa materna! 5 coisas que você precisa saber

Em algum momento da maternidade, seja pelas suas escolhas durante a gravidez, pelo parto, amamentação, volta (ou não) para o trabalho, colocar (ou não) o filho na escola, existe uma possibilidade grande de você se sentir culpada . No consultório, a culpa materna é um dos TMF (temas mais frequentes) que encontro e isso me levou a estudar bastante sobre o assunto. Hoje quero compartilhar cinco coisas sobre isso. Vamos lá?

5 coisas que você precisa saber sobre a culpa materna

  1. Sabe aquela sensação desagradável que “ah, eu poderia ter feito mais ou melhor do que fiz”  (especialmente na criação dos filhos)? Ou, então, quando você se sente envergonhada, arrependida ou mal? Então, é a culpa materna dando as caras por aí.
  2. Por mais que a maternidade real esteja sendo mais discutida e encorajada, ainda há algumas expectativas sobre como deve ser uma boa mãe. Na maioria das vezes, os critérios são inatingíveis: a mãe boa (ou melhor, a perfeita) é aquela que se dedica (ou se doa) completamente aos filhos: emocional, psicológica, intelectual e fisicamente.
  3. No entanto, muitas de nós ainda sofrem tentando atingir essas exigências. E quando não conseguem, ficam remoendo ou se justificam o tempo todo, assumindo responsabilidade até pelo que não precisam. Sentem-se sempre em falta, sempre falhando em algo. E isso traz impactos bem grandes para a sua saúde, bem-estar e a própria-relação com os filhos.
  4. Além disso, estudos mostram que a culpa materna se relaciona com o estresse, a depressão (especialmente no pós-parto) e a ansiedade
  5. Já existem estudos, inclusive, que recomendam às mães atividades que lhe façam bem, como forma de diminuir a sobrecarga e, também, de fortalecer o seu jeito de enfrentar a culpa. Se quiser saber mais sobre isso, leia esse post aqui.

Você sabia que…

É possível, sim, você a dar um tchau para a culpa, assumindo uma postura mais realista (e bem mais gentil) no seu maternar, favorecendo uma vida a dois mais satisfatória e maior conexão com os filhos. A culpa materna é um dos temas do Grupo Maternar mais leve, o meu grupo de apoio às mães, e também pode ser um dos focos do atendimento individual comigo. Se quiser saber mais sobre esses serviços, entre em contato comigo.

Sobre este post

Texto original: Ana Carolina Braz (Maternar mais leve ®). Todos os direitos reservados. Se usar o conteúdo, cite a referência.

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

  • Siga o Maternar mais Leve no Instagram

    Ajudo mães a descomplicarem a maternidade.
    Mais leveza e menos culpa.

    Ir para o Instagram

  • LYMP Design