mãe_feliz_consigo

Autocompaixão: 3 coisas que você precisa saber

“Seja gentil consigo” – provavelmente você já ouviu ou leu essa frase depois que virou mãe. O que muita gente talvez não saiba é que, por trás desta frase simples (e, por vezes tão repetida, que fica até “gasta”), existe um conceito real e cientificamente fundamentado: a autocompaixão. Neste post, compartilho três coisas sobre ele.

1. O que é?

Segundo a pesquisadora Kristin Neff, autocompaixão não se difere da compaixão, que é a habilidade de compreender e ser gentil diante de (seus) erros ou falhas, ao invés de (se) julgar excessivamente.

2. Quais são seus três pilares?

A autocompaixão é composta por três elementos. O primeiro é autogentileza (oferecer a si a mesma bondade que você oferece para as outras pessoas de quem gosta). Por sua vez, a segunda é a humanidade (ter consciência que faz parte da condição humana errar e falhar). Finalmente, há a atenção plena (olhar para o sentimento sem se identificar excessivamente com ele, entendendo-o como “o que é, nem bom nem mau”).

O que NÃO é autocompaixão?

Para a criadora do conceito de autocompaixão, ter uma atitude compassiva muitas vezes é erroneamente associado à autopiedade (ou seja, ficar tão imersa nos próprios problemas, deixando de ver que isso também acontece com outras pessoas). Também há quem ache que ser gentil consigo próprio é sinônimo de autoindulgência (isto é, permitir-se prazeres que funcionam apenas a curto prazo, mas incompatíveis com sua saúde e bem-estar). Ainda há quem ache que autocompaixão é autoestima, mas são conceitos diferentes. A autoestima é uma autoavaliação (e, por vezes, associada a uma competição). Enquanto a autocompaixão é aceitação de que, em alguns momentos, você terá desempenhos “na média” ou até mesmo abaixo da média (e tudo bem).

Além disso…

Ainda segundo Kristin Neff, adotar uma atitude compassiva traz ganhos para a saúde mental da mãe e do pai. E, desse modo, considerando que ações voltadas para nossa saúde e bem-estar são formas de autocuidado, a autocompaixão pode ser uma excelente aliada para o seu maternar ficar mais leve e com bons momentos com os filhos.

Novidade!

Preparei uma checklist gratuita com seis dicas muito práticas para encontrar leveza no pós-parto. Se você ainda não a tem, clique AQUI para receber a sua gratuitamente.

Sobre este post

O texto original foi escrito pela Equipe do Maternar mais leve ®. Todos os direitos reservados. Se usar o conteúdo, cite a referência. Imagem: Banco de imagens do Canva.

Comentários

Cadastre-se e receba materiais gratuitos que contribuirão para um maternar com mais leveza e menos culpa.

    • Siga o Maternar mais Leve no Instagram

      Ajudo mães a descomplicarem a maternidade.
      Mais leveza e menos culpa.

      Ir para o Instagram

      This error message is only visible to WordPress admins

      Error: No feed found.

      Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.